sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Desastre

Nunca houve um motivo verdadeiro que fosse capaz de mobilizar tantas pessoas, pelo menos uma vez na vida, a não ser o amor.
De início pode parecer bobo, sem sentido algum; Pois não há definição, nunca houve e nem haverá.

O desastre sempre ocorre e há diversas qualificações e momentos para ele, finalmente, causar algum efeito. Um amor platônico, que é, na maioria das vezes o desastre de muitas pessoas.
Nesses momentos você diz não ter vontade de amar nunca mais e que a vida não passa de uma ilusão. Pobre de você que não sabe que o amor é incondicional, não tem hora e nem local, quando chega invade e alucina, ilude e fascina.

E se esse amor realmente não for recíproco, não se desespere. Ele não pensa, então pense por ele, haja com razão e precisão. O amor não aceita perder, mas não o deixe se iludir e iludir você.

5 comentários:

Deborah Pimentel disse...

PERFEITOOOOO SIMPLESMENTE PERFEITO

"E se esse amor realmente não for recíproco, não se desespere. Ele não pensa, então pense por ele, haja com razão e precisão. O amor não aceita perder, mas não o deixe se iludir e iludir você. "

amo te muito o/

bjos Giu

MaH disse...

Sim.. o amor! quero um amorr!? alg sabe de um homem bom, bonito e simpático? tem que ser inteligente tb hahahah
adorei seu blog
bjos

Marcelo disse...

Concordo. Ainda que esse amor que mobilize seja amor próprio ou o amor aos próprios interesses...isso se confunde muitas vezes com o egoísmo, mas são coisas diferentes.

roas77 disse...

Falar oq .. vc já disse tudo .. rsrs

Adorei a postagem e a sua reflecção ..

abç..

30 e poucos anos. disse...

Amar é uma arte ... !!!