sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Morrer

A vida é justa, sempre foi... Nós é que nunca entendemos o motivo. E não venha me dizer que você sempre tenta olhar para o passado e ver o que você fez e deixou de fazer, porque ninguém faz isso e tenta realmente consertar.
E quando eu digo que a vida é justa, eu me refiro a sua vida particular, deixando bem claro que eu não acredito que o mundo seja justo... Mas isso, claro, se deve ao fato de todos não sermos justos com nós mesmos e com as pessoas a nossa volta.
Você pode pensar que coisas pequenas não fazem a diferença, mas para uma pessoa que sempre fez tudo errado, qualquer mínimo detalhe bom já muda a vida dessa pessoa para melhor e disso eu tenho certeza! Não é uma mudança sentida realmente por aqueles que não estão sempre presentes, mas é sincera e ridiculamente diferente das demais sensações que essa pessoa possa ter sentido antes.

______________

"Eu estava analizando comigo mesma o fato de ganhar selos, que poxa vida, é uma grande honra ter seu trabalho reconhecido. Mas a partir de hoje, apenas postarei que ganhei um selo, não irei repassar e nem nada, mesmo porque eu não tenho muito tempo pra isso e o fato de ocupar um post inteiro (e fica bem grandinho), eu acabo perdendo a criatividade e o intuito e o desejo de ter um blog para postar meus pensamentos acaba se perdendo. Agradeço os dois selos recebidos, receberei os demais com muito amor, mas não repassarei. Se algum dia eu quiser repassar algum blog, eu repasso com ou sem selo. Obrigada!"

3 comentários:

Lidianne Andrade disse...

a vida é muito boa, gata! se joga e curte muito!

Deka Silva disse...

As pequenas coisas fazem diferneça sim!
Gostei da sua análise...

Felipe Attie disse...

MEus conceitos de "vida justa" estão sempre sendo injustiçados. Enfim...