quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Deixe-se pensar

Pobres noções de nada. Correm pelas minhas veias, explodem e formam redomoinhos por volta e com a corda toda sobre meus pensamentos. Abra-se e ela se abre como uma verdadeira forma de luz e paz para aqueles que já perecem na natureza morta de não ser. Poderia existir algo mais sublime do que a falta de não ter o que não ser?
Todas as mensagens são compostas de séries estranguladas de hipocrisia, de falta de bom senso, de falta de vontade de ser algo mais do que nos resta e do espelho mesmo você pode ver, todas as rugas, marcas de expressões ou a falta da mesma, somos tão pequenos e ninguém para pra pensar que talvez o erro dos erros seja nosso. E é nosso.
Todo o tempo é perdido com a falta de maturidade que o povo esqueceu de praticar, esqueceu que existia, fingiu que não sabia e agora culpa os outros. Mas quem são os outros senão parte do grupo daqueles que culpam também o próximo?

Morros desabando, ventos uivantes que batem na sua cara te lembrando que é mais forte, água e mais água, talvez te recordando que um dia só lhe reste água salgada; Lágrimas por aquilo que um dia foi. O mundo ta reagindo? Sim. E nós? Vamos continuar agindo como estivemos? Será culpa do governo ou falta-nos o bom senso? Acho que é hora de abrir o baú e encontrar aquele restinho de vergonha na cara e admitir que o erro é nosso. Deixem com que eles joguem a culpa nos que estiverem mais próximo. Eu assumo meus erros. Você também devia.

C O N S - C I Ê N C I A

6 comentários:

Zélio Marulo Jr. disse...

Se todos lutassémos juntos por um mundo melhor sem hipocrisia nem clichês, poderíamos sim ter evitado tanta tragédia, mas só nos damos conta de que tudo está errado quando a cerca rompe do nosso lado. O mundo anda em decadência, e isso não é de hoje.

Grande Abraço.
www.bloginoportuno.blogspot.com

Bons ventos!!

Arianne Carla disse...

Acho que todos tem esse mesmo 'senso', porém, poucos põem em prática. Muitos condenam o governo por inúmeras coisas ilegais e inércia em suas decisões. Mas, quem ergue o governo é o povo. Talvez tenhamos que repassar um pouco.

Seguindo você.

Redina disse...

Temos que fazer algo para mudar nossa comodidade!!! Temos que aprender a respeitar a natureza e nossos semelhantes!

Vamos juntos nesta luta.

Urbano disse...

Caramba menina, que boa surpresa! comecei a ler com má vontade,confesso, mas fiquei feliz com a torção que vc deu. Um abs!!

Lorena Rocco disse...

Nossa! Muita verdade no seu texto.
Se todos tivessemos CONS-CIENCIA seria muito mais facil viver e nao apenas chorar o leite derramado!
;)

Lorena Rocco disse...

Faz parte do charme do Alices ;)

- quando eu gosto do blog, realmente leio, sigo, comento... participo. Com pedido ou sem pedido. Gostei daqui e ponto! =P

Volto sempre ;)
Espero que tbm tenha gostado do meu cantinho.