domingo, 4 de abril de 2010

diamante

Olhos. Uma das menores coisas do ser humano e mesmo assim, uma das mais inesquecíveis. Um par de olhos podem representar muitas coisas que nem mesmo o mais inteligente cérebro seria capaz de entender se não tiver a pureza dos olhos para identificar.
A ausência se dá pela falta, principalmente, que se faz aos olhos. O texto se cria diante daquilo que os olhos admiraram ou que a cabeça fez questão de inventar. O mundo se forma diante de seus olhos. Um dia mente mais que mil palavras. Os olhos não são nada para quem encherga tudo de uma forma diferente. "Depende de como você vê, o novo, o credo, a fé que você deposita em você e só...". A vida, o mundo, os seres possuem mil maneiras de serem vistos, aceitos e comtemplados, mas só enquanto você respirar, você terá os olhos do corpo para admirar. Os olhos da vida continuam além. A eternidade é mais longa do que possamos imaginar. Espero nunca me cansar de existir.

2 comentários:

Daniel Silva disse...

não é o tipo de blog que eu gosto, mas você escreve super bem. parabéns.

Kris Cerejinha disse...

Nuss achei lindo... Li alguns antigos tbm. é bom colocar pra fora as melhores coisas que passam pela cabeça da gente...
To seguindo... bjuxX