domingo, 2 de maio de 2010

Dig

Light Grenades. Quem diria que tudo iria começar e não ter um final... Eles fazem parte da exceção da história, onde tudo tem um começo e um fim. O que é na verdade dificil entender é que a história começa e continua sem deixar de ser light grenades.
__________________________

Duas pessoas. Uma mesma crença. Uma mesma vontade. Iriam fazer acontecer. Não sabiam de nada disso.
Ele foi rude ao primeiro contato, como um bixo do mato anti-social que não estava em seu habitat natural e ela se distanciou, ofendida e confusa. O motivo desses segundos, talvez minutos de aproximação: Light Grenades.
Ela passou dias sem vê-lo, mas sem ouvir dele, jamais... Ouvia dele a todo momento e ouvia com atenção, mas não estava mesmo interessada. Ele parecia mais um.
O reencontro não foi inesperado, sabiam que havia de acontecer uma hora ou outra.
Dessa vez, ele deixou sua mente aberta e resolveu falar algo.
O falar dos dois desenvolveu mais do que uma simples amizade.
Paixão. Uma light grenade enorme no mundo dos dois. Uma amiga inconformada com a situação e duas pessoas flutuando inconsciente pelo ar, era preciso puxá-los bruscamente de volta ao planeta Terra e acordá-las aos berros.
Ela vagava nas aulas, olhares perdidos por esse mundo louco de sensações que só ele conseguia lhe promover. Passavam horas rindo das coincidências e cada vez mais tinham a certeza de eram e estavam predestinados a serem apenas os dois.
Algumas brigas bobas, piadas sem nexo e coisas que só os dois, entre olhares, entendiam.
O amor não se escondeu diante deles, abriu as asas e pousou sem pensar nas consequências entre os dois. E mais uma vez, light grenades.
_________________________________

E eu sou uma das pessoas que pode dizer sinceramente, sem medo de ser sincera demais que os dois brigam, pulam um em cima do outro, fazem cara feia, discutem sem motivos e se amam além do que podem imaginar.
Amar não é o contato físico, isso é apenas uma consequência. Amar é defender (#tapas em ponto de ônibus mode on) e se surpreender a cada beijo e a cada abraço apertado. É estar sempre ao lado mesmo estando longe. E disso, podem ter certeza, vocês só não são capazes como fazem todos os dias.

Parabéns Guilherme por aguentar essa pequena ruivinha que eu sei que atormenta demais, mas saiba que ela leva ao pé da letra o fato de te defender e te amar.
Parabéns Milkitz por saber aturar a cabeça esquecida que esses meninos possuem e por nunca se esquecer de superar a si mesma diante dele.

Se amem cada vez mais porque amar é uma experiência sem igual e sem limite.

2 comentários:

its-nicolle disse...

hey you *-*
mano você é foda e eu te amo. e eu amo o gui também IUHDFGUIDSHFUIASF a meu, brigada MESMO por lembrar [é, mais ou menos rs] dessa data que é tão importante pra mim e pra ele...cara vs é a amiga que mais participa no nosso relacionamento [no bom sentido rs] e vs sabe que eu te considero mt por isso :)valeu mesmo giu ♥ beshos da milkitz

Thaís Dantas disse...

Ownt que fofo isso *-*
Que bom que eles estão juntos :D
Mas eu não se o que é Light Grenades :S KKK joguei até no google tradutor.